Emergências

Os cientistas devem responsabilizar-se por suas necessidades médicas. Sugerimos que tenham uma apólice de seguro médico quando estiverem trabalhando na reserva. Antes do início dos trabalhos o cientista deve informar ao administrador sobre quaisquer problemas de saúde. A Michelin ajudará com evacuações emergenciais para hospitais locais (Igrapiúna e Ituberá), mas não assume responsabilidade pela saúde dos pesquisadores.

Em caso de emergência médica, tente entrar em contato com o pessoal da reserva tão logo for possível. Registre em seu celulare todos os telefones do pessoal da reserva, inclusive do segurança da fazenda antes de iniciar suas pesquisas. É problemática a recepção de celular na floresta de Pacangê e para os pesquisadores trabalhando neste local, aconselhamos que eles usem Vivo, único serviço com recepção nessa área e outras partes do Setor Sul. Nas demais áreas da reserva, o serviço da Claro é suficiente.

Para sua própria segurança, adote essas medidas:

  1. Esteja sempre equipado com um kit de primeiros socorros, uma lanterna e um celular. A recepção para celulares é boa na maior parte dos locais, mesmo dentro da floresta, e se por acaso não conseguir um sinal, procure o morro mais próximo e tente chamar de lá.
  2. Tenha sempre em mãos um mapa da reserva e das florestas em que esteja trabalhando. Aprenda os nomes das trilhas para que, em caso de emergência, possa explicar sua posição com precisão.
  3. É importante assegurar que a administração da reserva saiba o seu paradeiro, especialmente quando estiver sozinho ou pernoitando na mata, para que possa ser encontrado com facilidade em caso de acidente.
  4. Quando programar sua visita com o administrador, assegure que ele saiba em que floresta vai trabalhar e seu programa de trabalho. Deixe um número de contato com o administrador para que ele possa ligar em caso de emergência.
  5. Assegure o registro de todos os números que seguem abaixo em seu celular antes de começar seu primeiro dia no campo.

Números de telefone para registrar em seus celulares

André Santos, administrador da reserva – (73) 98102-7942
Everaldo Santos, chefe de segurança da fazenda – (73) 98117-0110
Leandro Sarafim, clínico – (73) 98102-4685
Segurança Portaria 1 (24 horas) – (73) 3256-8033 e 98106-4471
Segurança Portaria 2 (24 horas) – (73) 98211-4394
Valdir Kleber de Jesus Sena, guarda florestal – (73) 98148-2867
Antônio Camilo de Jesus, guarda florestal – (73) 98106-3528
Edenildo Norberto Oliveira, guarda florestal – (73) 98148-3128
Rosivan dos Santos, guarda florestal – (73) 98138-9756
Kevin Flesher, Gerente da reserva – (73) 98133-5359
Escritório Central Plantações Michelin da Bahia – (73) 3256-8000