Visitas

Nesse documento o pesquisador encontrará informações necessárias para orientação durante sua estadia; favor ler com atenção as páginas que seguem. Qualquer dúvida, favor entrar em contato com a diretoria da reserva para informações adicionais (os contatos estão na página final).

Programando uma visita
Visitas à reserva precisam ser programadas no mínimo uma semana antes. Em casos de mudanças nos planos, cancelamento, antecipação ou prorrogação, favor informar o mais breve possível à administração. Cada pessoa hospedada no CEB precisa ser registrada pela diretoria para termos a informação necessária em caso de emergência. É proibido o ingresso de pessoas que não estejam previamente registradas.

Localizando a Reserva
A reserva é de fácil acesso pela BA-001 entre Ituberá e Igrapiúna. A entrada deve ser feita exclusivamente pela Portaria 2 que fica aproximadamente 1 km ao norte de Igrapiúna. Não tente entrar na área do escritório central da Michelin ou da fábrica pela Portaria 1. Use os mapas da reserva para orientar-se.

Horários de Funcionamento
A diretoria da reserva e os funcionários do CEB trabalham das 07h às 12h e de 13h às 16h de segunda a sexta. Portanto qualquer atividade que requeira o serviço da equipe deve ser programada de acordo com esses horários.

Alojamento
O CEB é equipado para receber cientistas individuais ou grupos de até 23 pessoas. O prédio tem dormitórios, sala de jantar, cozinha, banheiros, acesso à internet e espaço para preparar amostras de campo. A Michelin fornece três refeições por dia. Favor informar à diretoria da reserva sobre quantas refeições serão necessárias. Favor respeitar as seguintes normas de conduta durante a sua estadia no CEB.

  • Tirar os sapatos sujos de lama antes de entrar no prédio;
  • Manter a cozinha limpa, guardar a comida em locais apropriados e lavar seus próprios pratos;
  • O tempo de silêncio é entre 22h e 7h, porém o volume de qualquer música ou a televisão sempre deve estar mantido no nível mínimo;
  • Qualquer coisa quebrada deve ser relatada ao administrador;
  • Não é permitido fumar dentro do prédio;
  • Manter as portas fechadas quando o ar condicionado estiver funcionando e desligar o mesmo quando se ausentar do ambiente;
  • Quando sair da reserva se não tiver ninguém no prédio, deixar a chave do CEB na Portaria 2;
  • Fechar todas as janelas e deixar trancadas as portas ao sair do prédio após às 16h;
  • Não deixar coisas de valor à toa, especialmente fora do prédio. A Michelin não se responsabiliza por qualquer equipamento perdido ou danificado.

A Rede de trilhas
A rede de trilhas de 30 quilômetros foi estruturada para permitir que os cientistas possam acessar todos os habitats encontrados na reserva. As trilhas estão padronizadas com uma largura de um metro e uma fita a cada cem metros. Nas áreas de seringueiras abandonadas e nas beiras das várzeas, as estradas servem como trilhas. As trilhas estão destacadas nos mapas da reserva.

Ajuda de campo
Podemos fornecer ajuda de campo temporário para pesquisadores durante a sua primeira visita à reserva. O propósito dessa ajuda é para que nossos funcionários possam mostrar aos cientistas como alcançar seus locais de pesquisa. Às vezes, quando o trabalho for especialmente árduo e não houver outra ajuda de campo, podemos conceder ajuda para estudantes de pós-graduação. No entanto, tal apoio precisa ser aprovado previamente pelo administrador da reserva.

Dirigindo na reserva
Os motoristas devem seguir as normas nacionais de direção e também as normas estabelecidas pela Michelin. É necessário obedecer ao limite de velocidade de 40 km/h. Lembre-se que, mesmo não aparentando trânsito nas estradas, caminhões pesados, motos, bicicletas e pedestres utilizam as mesmas. É aconselhável aproximar-se das curvas perigosas com muita cautela uma vez que as estradas são estreitas e há pouco espaço para manobrar caso precise evitar uma colisão. Qualquer violação dessas normas de condução pode resultar no cancelamento da permissão de trabalho na reserva. Devido à forma da reserva e à distância entre as florestas e os prédios administrativos, a maior parte dos cientistas usa veículos para transitar pela reserva.

Regulamentos da reserva

  • Todas as leis brasileiras estão em vigor dentro da reserva e a expectativa é que o pesquisador conscientize-se das mesmas.
  • A manipulação, coleta e transporte da maioria dos organismos requerem a permissão do IBAMA e da administração da reserva.
  • A Superintendência do IBAMA em Salvador deve ser consultada para informações e permissões.
  • Os administradores devem ser informados a cada vez que o pesquisador planejar sair da reserva com material biológico e o pesquisador deve estar disposto a submeter suas amostras à inspeção.
  • Apenas a pesquisa aprovada pela Michelin pode ser realizada na reserva. Se decidir mudar o seu plano de pesquisa, uma nova proposta deve ser submetida ao gerente da mesma para aprovação.
  • Todas as fitas devem ser marcadas para que os projetos dos cientistas sejam claramente identificáveis e devem ser removidas após o fim do projeto.
  • Não deixe qualquer lixo ou entulho na reserva.
  • Não beba água dos córregos da reserva sem antes tratá-la.
  • É proibido portar qualquer arma de fogo na reserva.

Taxas
Não cobramos taxas de alojamento ou pesquisa.

Contatos

Reserva Ecológica Michelin
Rodovia Ituberá/Camamu, Km 05
Igrapiúna – BA
CEP: 45443-000

Dr. Kevin M. Flesher – Gerente da Reserva
Tel: 55 73 98133 5359
Fax: 55 73 3256 8042
Email: kevinmflesher@yahoo.com.br

André Souza dos Santos – Administrador da Reserva
Tel: 55 73 98102 7942
Email: andre.santos@br.michelin.com